território livre  |  2020

Ed 5 FOTO Rodrigo Salomnao 2020-06-16 at 23.53.42.jpeg

 

BIPOLAR

 

 

 

Acabou.

 

os caras ganharam, a milícia levou, covardes se acovardaram, omissos se omitiram, é a morte, é a morte, é a morte.

 

peraí, olha o stf reagindo, os mesmos que validaram o golpe agora dizem que não se intimidam, ou não mais se intimidarão, derrubam decretos e diz-se que bozo blefou tudo que podia blefar, mas seus ggp - os geriátrico-generais de pijamas - recuaram, outros disseram que não vai ter auto-golpe, se insistir volta todo mundo pra caserna, sabia que esse governo não ia até o fim, sempre disse isso.

 

Acabou pra eles.

 

peraí de novo, o guedes na reunião elogia ministro de hitler, defende turismo sexual, e os pequenos podem morrer, tem que salvar os grandes que dão dinheiro pra eles, mas nada disso é destaque, então guedes ainda é o querido, a necropolítica segue forte, moro será presidente, amoedo de vice e segue o baile.

 

Acabou pra gente.

 

se bem que a rejeição cresce, surgem movimentos que se dizem suprapartidários, o analfabeto da educação nomeia reitor, não nomeia mais, vai cair, tem que cair, será que cai?, mas se até datena diz que não quer mais entrevistar o presidente, cara...

 

Acabou pra eles.

 

se bem que, de novo, outro dia tá lá o presidente com o datena, que também diz que é suprapartidário, nem esquerda nem direita, amigão, bozo é assim mesmo, cita mussolini na maior inocência, no fundo uma pessoa ótima, com o que parece que não concordam sete em cada dez brasileiros e então as torcidas organizadas, coisa linda as torcidas dando tapa na cara de fascista, botando a gentalha pra correr.

 

Acabou muito pra eles.

 

canalhas se acanalharão, acanalhariam, mas a releitura do artigo 142 taí, a pm desce pau em quem pede democracia e protege aquela com taco de beisebol que já foi a cemitério celebrar a morte da Marisa, ela, que comemorou a morte, agora é conduzida pela mão na paulista de verde e amarelo, numa sensação de segurança de alphaville, onde a mesma pm não se cria, e daí?, seus merda que ganha mil por mês, pode ser macho na periferia, mas aqui é alphaville, mano.

 

Acabou muito pra gente.

 

vai mais pra rua não, é o que eles querem pra instalar de vez a ditadura, volta pra rua sim tem que barrar a ditadura, assina não, tem banqueiro por trás, assina sim, sem banqueiro por trás ele não cai, e o domingo é mais um e daí?, enquanto tacla duran renasce das cinzas e a nova pf mira governadores inimigos, que afrouxam o isolamento, enquanto o ministro do hemisfério sul esconde dados e seu secretário com broche de caveira vai falar de saúde.

 

Acabou.

 

a fascista comemora o direito de se manifestar, ou seja, defender a morte dessa corja de baderneiros pretos, pobres, esquerdistas, viados e indígenas, salve a liberdade de expressão que pode derrubar a chapa do inonimável, porque fake news e ódio não são liberdade de expressão, são só fake news e ódio, mas o ministro pede vistas, parece que vão negociar.

 

Acabou.

 

mas luís inácio fala, luís inácio avisa que não se alia com tucano nem temer, o temer que ele pôs de vice da dilma, só que agora ainda é cedo demais pra euforia, euforia, ele diz, cedo demais.

 

Acabou.

 

mas luís inácio fala e tem suas razões, porque no documento não há condenação ao golpe, à farsa-jato, sequer um #forabozo escondido num canto de página, então juntos em quê mesmo, e o outro documento já vem com #forabozo, nunca é tarde demais, ou talvez seja tarde demais.

 

Acho que acabou. Ou não. Não sei pra quem. Mas desconfio.

 

 

 

 

Rodrigo Salomão

Roteirista

Rio de janeiro

 

 

 

Foto Hans Eric Olson

EUA

 

junho 2020