território livre  |  2021

 

FLORESTA LÍQUIDA

A videoarte Floresta Líquida é uma forma de aglutinar som e imagem, já que transito nessas duas formas de expressão, sou pintor e músico. É um projeto que faz um percurso sobre os caminhos da água, emaranhados de som e fluidez. Trabalhei as imagens misturando com pinturas que se conectavam, e a música que produzi com sintetizadores, foram focadas na imagens desenvolvidas, rebuscadas ao máximo para que se transformassem em pintura.

 

O pintor e músico, Luiz Badia começou desenhando histórias em quadrinhos na infância e logo migrou para pintura. Estudou no MAM e no Parque Lage e depois ingressou na Escola de Belas Artes de Lisboa onde morou por 5 anos. Realizou inúmeras individuais e coletivas por vários países.

 

Em 2014 começou a produzir videoarte, onde conseguiu unificar sua pintura e sua música através de um projeto chamado imagem sonora.

 

Principais Exposições individuais

 

1989 - Galeria Restauração – Lisboa - Portugal

2000 - Casa de Cultura Laura Alvim – RJ

            Casa do Brasil Scottdale -Arizona - EUA

2010 - Centro cultural dos Correios - Rio de Janeiro - RJ

2015  - Au Pavé d`Orsay – Paris – França

2018 -  Sonar – Galeria Maria de Lourdes Mendes de Almeida – Rio de Janeiro 

 

 

 

Luiz Badia

pintor e músico

instagram

 

Rio de Janeiro

fevereiro 2021