território livre  |  2020

 

 

PRETA-PERSONA EM TRAJE-FALA 

 

 

A construção dos estereótipos negros nas artes cênicas e a necessidade de criarmos as nossas próprias histórias pelo viés da nossa cultura têm sido rota de navegação das minhas pesquisas, tenho buscado histórias contadas por nós, figurinos criados por figurinistas negros, roteiros e direção negra e o quanto isso impacta na desconstrução desses padrões.

 

O olhar eurocentrista médio deixa tudo em caixas: escravos; preta raivosa; mãe

preta; barraqueira; passista; amante; empregada; preta guerreira; negro virtuoso; bandido, militante…

São tantos perfis que nos colocam num lugar menor e de subalternidade que se no texto não existir uma indicação estereotipada, os atores e atrizes negres não são cogitados.

 

O traje é o criador de significados públicos em torno da personagem e elemento de repertório imagético cultural compartilhados socialmente.

 

O filme Black is King da Beyoncé é a personificação do que venho buscando: pesquisa negra, pensando personagens e histórias além do repertório branco e isso nos é caro.

Não estou dizendo aqui que a Beyoncé nunca errou e que o filme é perfeito, inclusive, além de tudo, nós também queremos ter o direito de errar e de ter leituras críticas profundas para além das referências da branquitude.

 

A indumentária de personagens diaspóricos e tradicionais são quase sempre folclorizadas nas mãos brancas, tirando-lhe a essência e transformando-o em sujeito vulgar e pobre de significados. Haja vista que a indumentária muitas vezes é determinante para a elaboração desses significados públicos.

 

Elaborações simbólicas são importantes para se compartilhar publicamente algo que não se compreende, mas existe, e com o qual precisamos conviver, lidar, e tirar da margem. O filme - PRETA-PERSONA EM TRAJE-FALA é uma provocação poética para se pensar novos caminhos para a construção imagética de pessoas negras na cena.

 

 

 

Teresa Abreu

Figurinista, artista visual, pesquisadora

instagram

Salvador

 

outubro 2020